top of page
vista frontal
vista frontal
vista frontal
vista frontal
claraboia interior
sala de estar
sala de jantar
sala de estar
dormitório
dormitório
deck externo
deck externo
detalhe - fechado
planta-baixa pav. térreo
planta-baixa pav. superior

CASA DANIELA

Em um lugar envolto em vegetação nativa e com uma topografia bastante dinâmica e imprevisível, qualquer intervenção deveria buscar a coexistência com as espécies do lugar e tirar partido dos movimentos naturais do terreno.
 

Assim surge a Casa Daniela, uma moradia ocasional localizada na praia da Daniela - Florianópolis, que busca o silêncio e introspecção enquanto características fundamentais à habitação do lugar. Os espaços enxutos e conectados procuram absorver a natureza circundante sem se imporem a ela, e tomam as diferenças entre interior e exterior enquanto uma possibilidade de troca e conversa.
 

A estrutura é concebida através da interação entre o sólido embasamento construído em pedra (proveniente de rochas pré-existentes do terreno) e da estrutura racional em concreto armado que paira sobre o chão. Essa relação complementar, que estabelece um discurso sobre as diferentes formas que um material de mesma natureza pode tomar, busca liberar bastante espaço no térreo, enquanto concentra a maioria dos espaços da residência no nível das copas das árvores.

A dicotomia entre fechamento e abertura cria o tipo de diálogo entre arquitetura e natureza que é sensível aos altos e baixos da vida, explorando as várias sensações e estações que se deixam expressar ao viver num lugar como este.

O design de mobiliário e produto também tem sido uma parte muito importante do projeto, e surgiu através do exercício em se desenhar uma experiência completa do lugar, permeando as várias escalas, detalhes e nuances do processo de projeto.

 

O projeto atualmente se encontra em fase de executivo e aprovação na prefeitura.
 

Coautor: Arquiteto Eduardo Scopel

bottom of page